Breaking News

#seINFORME #JornalismoNOrdestino Luiz de Deus terá 9 vereadores na Câmara de Paulo Afonso

Antônio Galdino

Marconi Daniel foi o mais votado. Marcondes Francisco chega a 8 legislaturas
divulgação
 A abertura da última urna das eleições municipais de Paulo Afonso trouxe surpresas e novidades para o quadro dos 15 vereadores da Câmara Municipal.
As surpresas ficaram por conta da não reeleição de nomes tidos pela maioria como vitoriosos, como é o caso de Dinho(PP), Petrônio Nogueira(PDT) e Regivaldo Coriolano(PT), todos eles, com vários mandatos, Dinho e Petrônio, três e Regivaldo, seis e todos eles também com a experiência do exercício da presidência da Câmara, sendo o Petrônio Nogueira o atual presidente.
As novidades ficam por conta da eleição de três vereadores pelo PP, mantendo o mesmo quantitativo da atual legislatura, com a chegada de Cícero Bezerra do BTN no lugar de Dinho.
Aliás, os Bairros Tancredo Neves e Rodoviário, vizinhos, com a chegada de Cícero Bezerra, passa a ter agora três representantes, o próprio Cícero, Macário e Zé Carlos.

Enfim, depois de muitos anos, acontece a eleição de uma vereadora, a Irmã Leda que está nesta legislatura vindo de uma suplência. Agora, o seu trabalho social a reconduziu à CMPA.
O vereador Marconi Daniel foi o campeão de votos da história da Câmara, ao conseguir com que mais de 3 mil eleitores o escolhessem para o seu segundo mandato. Teve exatos 3.158 votos. No sentido inverso, vereadores que tradicionalmente sempre foram os campeões de votos, como Marcondes Francisco(PSD) e Antônio Alexandre(PMDB), conseguiram se reeleger mas com bem menos votos que antes. Alexandre, que sempre comemorou mais de 2 mil votos nos últimos pleitos, precisou do empurrãozinho da legenda para conseguir ser o 14º colocado com apenas 871 votos, à frente apenas do novato Mario Galinho, do Solidariedade. Coisas da política...
Aliás, é bem estranho esse sistema de contagem de votos em que a vontade popular é desrespeitada. Vereadores conseguem mais do dobro de outros que acabam sendo privilegiados. È o caso de Paulo Tatu (PP – 1.167 votos - 16º colocado), Edson Oliveira Maciel, Dinho(PP), já em seu terceiro mandato, não consecutivo, que conseguiu 1.125 votos, (17º colocado), Petrônio Nogueira (PDT), já no seu terceiro mandato e no cargo de presidente da Câmara, que conseguiu 1.064 votos (18º colocado) e Regivaldo Coriolano(PT), ex-presidente e atual 1º Secretário da Câmara, já no exercício do seu sexto mandato. Ele conseguiu 1.015 votos e também está fora da próxima legislatura do Poder Legislativo de Paulo Afonso.
Quem perdeu bastante votos em relação a última eleição (2012), foi Marcondes Francisco mas, ainda assim foi reeleito com 1.667 votos, mesmo mudando para o PSD e com isso consegue o feito de chegar ao seu 8º mandato consecutivo na Câmara de Paulo Afonso, caminhada iniciada em 1º de Janeiro de 1989 em sua primeira eleição.
O TSE apresenta uma listagem nominal com os 149 candidatos a vereador em Paulo Afonso. Nesta lista estão 15 nomes, do nº 135 a 149 cuja votação foi zero voto. E destes, os sete últimos, de 143 a 149 trazem a seguinte observação: # O candidato não teve os seus votos validados devido à sua situação jurídica ou à do seu partido. Para consultar a situação mais recente, consulte a página de Divulgação dos Candidatos (TSE).
Entre os que estão nesta situação, há candidatos de vários partidos e alguns nomes bem conhecidos do eleitorado de Paulo Afonso, inclusive um ex-vereador que já foi presidente da Câmara.

Para a Câmara Municipal de Paulo Afonso foram eleitos para a legislatura 2017/2020 os seguintes vereadores:
1 - Marconi Daniel – PHS – 3.158 votos
2 - Jean Roubert – PTB – 2.520 votos
3 - Zé de Abel – PTN – 2.470 votos
4 - Leco – PHS – 2.009 votos
5 - Zezinho do INPS – PTN – 1.856 votos
6 - Marcondes Francisco - PSD – 1.667 votos
7 - Zé Carlos do BTN – PRB – 1.584 votos
8 - Bero do Jardim Aeroporto – PP – 1.570 votos
9 - Bero do Jardim Bahia – PT – 1528 votos
10 - Irmã Leda – PDT – 1.488 votos
11 - Macário – PP – 1.326 votos
12 - Cícero Bezerra – PP – 1.197 votos
13 - Edilson – PMDB – 926 votos
14 - Antônio Alexandre – PMDB – 871 votos
15 - Mario Galinho – SD – 525 votos.

Os vereadores Marconi Daniel, Jean Roubert, Zé de Abel, Leco, Zezinho, Marcondes Francisco, Zé Carlos do BTN, Bero do Jardim Bahia e Irmã Leda, num total de nove, foram eleitos pela coligação de apoio do candidato a prefeito eleito Luiz de Deus, também eleito.

Os vereadores Bero do Jardim Aeroporto, Macário, Cícero Bezerra, Edilson e Antônio Alexandre, no total de cinco, foram eleitos pela coligação de apoio do candidato a prefeito Paulo e o vereador Mário Galinho foi eleito pela coligação de apoio do candidato Raimundo Caires.

TEXTO www.folhasertaneja.com

Nenhum comentário