Breaking News

Cultura na escola, escritor e historiador João de Sousa Lima realizar palestra no Poli Valente, Paulo Afonso - BA


Em uma linda sexta-feira do dia  02 (dois) de março, o escritor e historiador João de Sousa Lima a convite da professora Jovelina Ramalho, realizou na escola Poli Valente localizada no centro da cidade de Paulo Afonso - BA a palestra MULHERES DO CANGAÇO.

Uma manhã de muito conhecimento, bate-papo e muita historia das mulheres PauloAfonsinas, foi feita na escola Poli Valente, onde destacamos que é muito importante acontecimentos assim, pois é a nossa cultura que estar sendo ensinada  na escolar, cultura essa  que já era para está sendo ensinada desde seu inicio.


A professora Jovelina Ramalho que vai muito além de uma simples professora, hoje sendo destaque como mulher nota dez, vai realizando e idealizando esses grandes encontros de conhecimento, onde ele leva  para as turmas do segunda ao terceiro ano palestra culturais e de conhecimento sobre a historia da cidade de Paulo Afonso - BA.


Em sua primeira edição desse projeto maravilho a professora  convidou o João de Sousa Lima, onde nós do +SELIGANAMUSICA , junto com o pesquisador Sandro Lee tivemos o prazer de acompanhar e estar sempre  apoiando o escritor e historiar em toda essa propagação de conhecimento e cultura.


As Mulheres do Cangaço é uma palestra muito importante, principalmente para nossas mulheres PauloAfonsina, pois a mesma conta um pouco sobre a historia de todas as mulheres que foram para o cangaço, não para luta do lado de Lampião, mas para fica do lado do homem que se apaixonou e por incrível que pareça o seu amando era cangaceiro.


A mesma nos ensina também que Maria Bonita foi a primeira mulher a entra no cangaço, pois Lampião foi o único e primeiro cangaceiro a chega quebrando a regra sobre mulheres no cangaço, pois um local que não era permitido o sexo feminino, ele fez ser permitido e teve sua paixão a primeira vista do seu lado, que foi nossa rainha do cangaço Maria Bonita.


Uma historia de amor, morte e muita luta foi contata para as meninas e os meninos do segundo ao terceiro ano da escola Poli Valente, fazendo assim a manhã da sexta-feira do dia 02 de março, completamente mais produtiva culturalmente.



TEXTO
ASCOM/SLM
www.seliganamusica.net

Nenhum comentário