Escritor Marcos Antônio Lima lançará seu mais novo livro neste sábado dia 27 de abril, "De Gameleira à Colônia" Uma saga nordestina

Neste sábado dia 27 de abril ás 15:30h, no Clube Social do Povoado Colônia município de Santa Brígida, o escritor Paulo afonsino Marcos Antônio Lima membro da ALPA Academia de Letra, dono da cadeira  de numero 22, estará trazendo para todos vocês amantes da leitura sua mais nova obra literária.

O mesmo estará lançando o seu  quinto livro: De Gameleira à Colônia, Uma Saga Nordestina,  desde convidados todos vocês nossos ouvintes, leitores e visitantes no nosso portal para conferir esse grande lançamento, e parabenizamos o Marcos Antônio Lima  por  trazer em sua bagagem mais um livro de sumo importância para a nossa cultura nordestina.


A nossa rede foi convidada para fazer a cobertura desse belíssimo trabalho, que estará disponível para todos os amantes da leitura, em breve postaremos mais informações e onde vocês poderão compra seu exemplar, mas até lá, vamos da um conferida da Sinopse, e conferir esse grande lançamento literário.

De Gameleira à Colônia Uma saga nordestina
 Sinopse: 

Foi no árido cenário do Distrito de Mariana, “um grão de areia” na vastidão do sertão pernambucano onde foi acesa a centelha dessa história... – Corre que o menino tá nascendo – Gritou dona Estelita em meio à balbúrdia que antecede ao parto. As “lamparinas do sertão”, como eram conhecidas as parteiras da época. Ali, naquele dia 16 de julho de 1922 nascia Apolinário Domingos Neto, um “cafuzo”, descendente de índio com negro, Filho de Manoel Domingos da Silva, e de Dona Maria Paulina de Jesus, Apolinário significa “consagrado a Apolo” e Domingos “o que pertence ao senhor”, o Neto herdou da  descendência do avô. Ainda muito pequenino Apolinário fora abandonado pela mãe, e passou a ser criado à base de leite de cabra, pela avó materna. Mal sabia Dona Maria Paulina que aquele garoto estava predestinado pelo condão, a ser o grande e carismático líder dos gameleiros, e braço direito do “misterioso” Curador Pedro Batista. Um Conselheiro andarilho que pregava o bem e expulsava o mal, chegando a ser comparado com a própria encarnação do Padre Cícero. O encontro de Apolinário com o beato mudou completamente o rumo de seu destino. Aquele Curador demonstrava ser um homem santo, que conseguia colocar a chama da fé, incrustada em todos aqueles que o cercava, provando para os romeiros, através dos milagres que realizava ser ele uma pessoa de Deus. A religiosidade romeira sempre fora muito explicita nos sertões, e Apolinário Domingos Neto, um cafuzo pernambucano numa terra inexplorada e completamente bravia, onde o perigo parecia estar de tocaia detrás de uma árvore. 


TEXTO
ASCOM/SLM
www.seliganamusica.net

Vem com SELIGANAMUSICA

Desde já somos gratos a todos vocês ouvites e visitantes do nosso portal, e pedimos que fiquem avontade para deixarem a sua opinião através dos seus cometários, e lembrar a todos que aqui em nosso portal vamos sempre estar publicando os melhores conteúdos sobre cultura, música, arte e literatura.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :